quinta-feira, 4 de outubro de 2012

fragmentos teóricos do cansaço estrutural


contentes com seus pedaços de pão
as piadas nem sempre são as mesmas
mas o circo vagueia
de cidade em cidade e bate portas e espalha cartazes coloridos
são tantas cores diferentes
tantos apetrechos gravatas e abotoaduras douradas
o reino da ignorância é o paraíso perfeito
(es)colhido à dízimos e promessas ocas de santo
santo de madeira cara de pau 
andam de ônibus para não gastar os calçados
vendendo um pedaço do céu
mas as nuvens não estão lá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget