segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

céu de queijo derretido

Era tempo pouco necessário
em que causaria efeito
e os olhos saltam
as pontas dos dedos
tocam os anéis de saturno
soturnamente dormente
o céu alaranjado escorre
esbanjando luzes
vozes e medos indesejáveis
todos os segredos amáveis
desceram pelo ralo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget