terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

o que não aprender com o tempo

todas as idéias se foram
algumas teorias sobre o fim do mundo
nada concreto ou revolucionário
como era o de costume
fugimos à regra do que se sabe sobre moda

alguns cigarros a mais
e escapamos ilesos
com pulmões rosados
horas perdidas na madrugada
suspeitaria a sombra
medrosa e escondida
atrás dos manto sagrado da vaidade

a vadiagem em que os nossos calçados vagam
acordar é resultado de experiências infundadas
afundadas em doses e mais doses destiladas
desdenhadas em tantos copos quebrados
pela falta de ossos em nossos pecados

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget