segunda-feira, 20 de maio de 2013

vagabundo sonhador

escolhas as minhas essas são ilustração
tiveram tempo ainda o deixaram embora
fugir dos dedos e medos afiados
outras formas diferentes de arranhar os joelhos

caminho entre molduras e esmaltes
verdades esboças em sequer detalhes
esmiuçadas
vísceras
auto-retrato amor próprio
piedade
as vontades de cabeça para baixo
parcialmente acabado
inabitado
terreno fértil abandonado
casa de temores nenhum

ainda os sonhos fugindo do agora
mendigos de rua
filhos da falta de ternura
casados com a noite
à espera de bons resultados
um pedaço de palavras malditas
mal ditas
nem todas foram postas para fora
expulsas
expostas
portas abertas e corredores

um tiro certeiro do lado direito do peito
através do pulmão cansado
metamorfoseado em abrigo de fumaça
embala-me em filme plástico
canções de ninar afobadas
no desespero ao encontro
dos barulhos e ruídos
que um dia me façam dormir

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget