segunda-feira, 12 de novembro de 2012

cabeça abandonada


o tempo passara desesperadamente
foram as cinco da manhã e fazia um frio do caralho
do que estariam preocupados os grandes pensadores?
nada na televisão ou outra coisa qualquer
faziam de contas os cálculos diferenciais integrados
e nada daquilo lhes servia para porra nenhuma
freud estava lá
era um merda em matemática
não precisava pensar
apenas dizer um amontoado de bobagens
nietzsche e seu velho hábito com as putas
bom de palavras e igualmente preguiçoso

os relógios digitais ainda são os mesmos
arthur rimbaud inventaria novos relógios e os penduraria no pescoço
cantava uma bossa nova pelo canto da boca
puta merda onde enfiaram a minha bebida?
alguém tocou a campainha
isaac newton
não aceitamos estranhos aqui
quais livros você já leu?
gosto de fazer contas e algumas paradas de física
esse não é o seu lugar
fecha a porta
ta um frio do caralho

mas para que essa mania de bukowski
escrevendo um monte de palavrão
coisa ridícula
falemos baixo
e em outro tom
língua dos diabos
três vozes da mesma garganta
falar baixo para que?
os intelectuais ali no canto
eles acham que são os únicos aqui

e essa merda não é nem um poema
mas tem cara de poema
pula linha
outra
essa babaquice toda
vai ler um pouco de fernando pessoa
vai

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget