terça-feira, 11 de outubro de 2011

globo ocular

eu quis mais sufocar
do que aprender
a mesma ladainha repetida
o globo ocular falou
cale-se,
seu lugar não é aqui.
o que você roubou
em tantos anos passageiros
ficou entre a pequena ranhura
onde avistamos a beirada
do esquecimento
do infortúnio
tarde demais para voltar
não sei enxergar
mas olho para trás
e não vejo nada lá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget