sexta-feira, 4 de novembro de 2011

pigarro

rosto em pedaços
veia que salta
imbecis que só
pigarro
queima cheiro fumaça
merda enlatada
congruentes imperfeitos
amores pulverizados
sou eu e ninguém
choro carregado
mentira
foda-se qualquer tentativa de verdade
quem me diz isso sou eu
alguém sem nada a dizer
quem não quero ser
e vejo...
janelas trancadas
dentro fora porta que rumo tomei
cheguei primeiro
depois o deposto
sopostamente primeiro
depositei confianças falhas
em cigarro e poeira
prefiro a noite
tremo pernas do escuro
cansados olhos
cansamos eu
cansados
cansei








Um comentário:

  1. Não canse de ssr vocÊ,seja quem realmente és

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget